Synth pop

Bela Infanta
Santa Catarina
Não somos uma banda de Synth Pop, somos uma banda de Shoegaze/Dream Pop.

Influenciada pela fértil decada de 80, dream pop e shoegaze a banda Bela Infanta tem uma sonoridade um tanto peculiar. Teclados sutis e climáticos; levadas simples de bateria que, no entanto, se tornam singulares; o baixo com com sua linha melódica moldando-se com a guitarra somada à efeitos analógicos. Essa é a fórmula que reproduz a ambiência de suas canções.

Influenciada pela fértil decada de 80, dream pop e shoegaze a banda Bela Infanta tem uma sonoridade um tanto peculiar. Teclados sutis e climáticos; levadas simples de bateria que, no entanto, se tornam singulares; o baixo com com sua linha melódica moldando-se com a guitarra somada à efeitos analógicos. Essa é a fórmula que reproduz a ambiência de suas canções.

(47) 99629-3964
Joinville
2009
Atualmente
CORA
Paraná
,

Katherine e a Kaíla formaram a Cora em 2013 e uma banda de meninas sempre pareceu fazer sentido pela força das suas representações e referências: Warpaint, Grimes, Cat Power, Hole, Pixies entre tantas outras. O som traz elementos do rock e dream pop que criam um ambiente expansivo e harmônico com nuances psicodélicas escuras do interior da alma feminina em processo de descobrimento.

(41) 99997-6741
ELECTRO BROMANCE
Paraíba
,
Electro Bromance é uma banda brasileira, da cidade de João Pessoa, que traz em suas composições elementos que passeiam pelo Synth & Futurepop, Darkwave e elementos da música eletrônica contemporânea.

A banda Electro Bromance foi formada em 2015 pelo trio Hansen Pessoa (guitarra, programações, synths e backing vocal), Wilame AC (synths, programações e voz) e Williard Fragoso (Baixo e voz). Com essa formação, lançaram um EP em junho de 2016, o qual teve boa aceitação e críticas por todo o Brasil, o que encorajou a banda a dar continuidade e trabalhar ainda mais sério em sua música. Ainda em 2016 participaram das coletâneas Temple of Souls Vol. 1 e De Profundis – Brazilian Dark and Post Punk Wave Vol. 4, ambas lançadas pelo selo brasileiro Deepland Records, e, Music From Paraíba Vol.3.

Em setembro de 2016 o Electro Bromance assinou contrato com a gravadora brasileira Deepland Records para lançar seu primeiro CD intitulado: “We are like a time bomb”, com lançamento para fevereiro de 2017, e distribuição no Brasil e exterior de forma física, digital, além de revistas, produtores, DJs e web rádios.

No mês de dezembro de 2016, durante as gravações do CD, Williard (baixo e voz), se desligou da banda alegando motivos pessoais. Atualmente o Electro Bromance segue firme formado pelo duo Wilame AC (main vocal, synths, programações) e Hansen Pessoa (guitarra, programações, synths, backing e vocal), focado na divulgação de seu primeiro CD, que contém 12 (doze), músicas fazendo um passeio pelo electro, synthpop, darkwave e futurepop. Suas letras tratam de sentimentos vividos por seus integrantes, além de fazer uma leitura do mundo ao seu redor abordando temas que envolvem e dilaceram a humanidade sobrevivente em dias de caos, amor, paixões, esperanças e guerras.

Electro Bromance contatos acesse:
Facebook: www.facebook.com/Electro-Bromance-1632317703718094
Email: electrobromance@gmail.com
Skype: electro.bromance
Soundcloud: https://soundcloud.com/electrobromance
Bandcamp: https://electrobromance.bandcamp.com/

83 99614-1852
, , , ,
The Old Flames
Paraná
Banda de nacionalidade brasileira e argentina, a The Old Flames é composta pelos músicos: Tom Motta (voz e guitarra), Gabriel Semtchuk (teclado e backing vocals), Vinicius Czaplinski (baixo) e Nicholas Rugenski (bateria e percussão).

Banda de nacionalidade brasileira e argentina, a The Old Flames é composta pelos músicos: Tom Motta (voz e guitarra), Gabriel Semtchuk (teclado e backing vocals), Vinicius Czaplinski (baixo) e Nicholas Rugenski (bateria e percussão). A estréia do grupo foi na 34ª Oficina de Música de Curitiba – com o professor e músico prestigiado Mauricio Pereira – momento do qual já se pôde mostrar grandes ambições da banda, além do nascimento da idéia de ”música universal” – que é compartilhada pelos integrantes – onde o conceito sonoro não é se limitar a nenhum idioma, gêneros específicos ou influências, mas sim reunir tudo que há de harmonioso e bom sobre aquilo que esta arte pode oferecer. A banda se apresenta em bares locais, auditórios e festivais (às vezes adicionando mais elementos como o violino, backing vocals e percussões) e já se prepara para lançar seu primeiro EP ainda sem data definida.

(41) 99587-8287
, , , , ,