O rock ativista de Zack de la Rocha

0
314
A música sempre foi utilizada como meio de protesto e ativismo, em maiores ou menores escalas ao longo do tempo, mas sempre há alguma banda ou cantor tornando público sua indignação, suas idéias, seus princípios e buscando chamar a atenção para algum assunto específico e tentando mobilizar o mundo. São vários exemplos, mas os mais expoentes são U2, Midnight Oil, Simple Minds, Coldplay entre outras tantas. Há quem não goste dessa forma de expressão e até critique a posição dessas bandas [Oasis: Noel Gallagher critica músicos ativistas], mas para isso deixo a frase (mal atribuída a Voltaire, segundo http://pt.wikiquote.org/wiki/Voltaire) “Eu não concordo com uma palavra do que você diz, mas defenderei até a morte o direito de dizê-las”.
Uma dessas bandas é Rage Against the Machine, formada em 1991 e liderada pelo vocalista Zack de la Rocha, foi uma das bandas mais influentes da década de 1990 em seu estilo (rap-metal – Não gosto de rótulos, pra mim existem dois tipos de música apenas, audível e inaudível) com composições fortes, polêmicas e agressivas, expressando muito bem a raiva e a indignação nos assuntos abordados. E uma das músicas mais eletrizantes em minha opinião é Killing in the name. Então tá legal, chega de papo e vamos ouvir…

Killing In The Name

Killing in the name of…

Some of those that work forces
Are the same that burn crosses
Some of those that work forces
Are the same that burn crosses
Some of those that work forces
Are the same that burn crosses
Some of those that work forces
Are the same that burn crosses
Huh!Killing in the name of!
Killing in the name ofAnd now you do what they told ya
And now you do what they told ya
And now you do what they told ya
And now you do what they told ya
And now you do what they told ya
And now you do what they told ya
And now you do what they told ya
And now you do what they told ya
And now you do what they told ya
And now you do what they told ya
And now you do what they told ya
But now you do what they told ya
Well now you do what they told ya

Those who died are justified, for wearing the badge
They’re the chosen whites
You justify those that died by wearing the badge
They’re the chosen whites
Those who died are justified, for wearing the badge
They’re the chosen whites
You justify those that died by wearing the badge,
They’re the chosen whites

Some of those that work forces,
Are the same that burn crosses
Some of those that work forces,
Are the same that burn crosses
Some of those that work forces
Are the same that burn crosses
Some of those that work forces,
Are the same that burn crosses
Uggh!

Killing in the name of!
Killing in the name of

And now you do what they told ya
And now you do what they told ya
And now you do what they told ya
And now you do what they told ya
And now you do what they told ya, now you’re under control
And now you do what they told ya, now you’re under control
And now you do what they told ya, now you’re under control
And now you do what they told ya, now you’re under control
And now you do what they told ya, now you’re under control
And now you do what they told ya, now you’re under control
And now you do what they told ya, now you’re under control
And now you do what they told ya!

Those who died are justified, for wearing the badge
They’re the chosen whites
You justify those that died by wearing the badge
They’re the chosen whites
Those who died are justified, for wearing the badge
They’re the chosen whites
You justify those that died by wearing the badge
They’re the chosen whites
Come on!

Yeah! come on!

Fuck you, I won’t do what you tell me
Fuck you, I won’t do what you tell me
Fuck you, I won’t do what you tell me
Fuck you, I won’t do what you tell me
(repeat)

Motherfucker!
Uggh!


Matando em nome de

Matando em nome de…
Alguns das forças de trabalho
São os mesmos que queimam cruzes
Alguns das forças de trabalho
São os mesmos que queimam cruzes
Alguns das forças de trabalho
São os mesmos que queimam cruzes
Alguns das forças de trabalho
São os mesmos que queimam cruzes
Huh!Matando em nome de…
Matando em nome de…E agora você faz o que eles falaram
E agora você faz o que eles falaram
E agora você faz o que eles falaram
E agora você faz o que eles falaram
E agora você faz o que eles falaram
E agora você faz o que eles falaram
E agora você faz o que eles falaram
E agora você faz o que eles falaram
E agora você faz o que eles falaram
E agora você faz o que eles falaram
E agora você faz o que eles falaram
Mas agora você faz o que eles falaram
Enfim agora você faz o que eles falaram

Aqueles que morreram foram justificados por usarem o emblema
Eles eram os brancos escolhidos
Você justifica aqueles que morreram por usarem o emblema,
Eles eram os brancos escolhidos
Aqueles que morreram foram justificados por usarem o emblema
Eles eram os brancos escolhidos
Você justifica aqueles que morreram por usarem o emblema
Eles eram os brancos escolhidos

Alguns das forças de trabalho
São os mesmos que queimam cruzes
Alguns das forças de trabalho
São os mesmos que queimam cruzes
Alguns das forças de trabalho
São os mesmos que queimam cruzes
Alguns das forças de trabalho
São os mesmos que queimam cruzes
Ugh!

Matando em nome de…
Matando em nome de…

E agora você faz o que eles falaram
E agora você faz o que eles falaram
E agora você faz o que eles falaram
E agora você faz o que eles falaram
E agora você faz o que eles falaram, você esta sob controle
E agora você faz o que eles falaram, você esta sob controle
E agora você faz o que eles falaram, você esta sob controle
E agora você faz o que eles falaram, você esta sob controle
E agora você faz o que eles falaram, você esta sob controle
E agora você faz o que eles falaram, você esta sob controle
E agora você faz o que eles falaram, você esta sob controle
E agora você faz o que eles falaram!

Aqueles que morreram foram justificados por usarem o emblema
Eles eram os brancos escolhidos
Você justifica aqueles que morreram por usarem o emblema
Eles eram os brancos escolhidos
Aqueles que morreram foram justificados por usarem o emblema
Eles eram os brancos escolhidos
Você justifica aqueles que morreram por usarem o emblema
Eles eram os brancos escolhidos
Vamos lá!

Sim! vamos lá!

Foda-se você, eu não vou fazer o que você me diz
Foda-se você, eu não vou fazer o que você me diz
Foda-se você, eu não vou fazer o que você me diz
Foda-se você, eu não vou fazer o que você me diz
(repete até o fim)

Filho da puta!
Uggh!

DEIXE UMA RESPOSTA