Resenha- A Transgressão Single Inconstante

0
565
A Transgressão - Single Inscontante Sorocaba/SP

O single dos sorocabanos da banda A Trangressão contém duas canções, mais um rap remix e uma versão ao vivo. A título, “Inconstante” ( cujo nome trouxe-me nostalgia da incrível banda joinvilense Ursulla, a qual possuía uma faixa com mesmo nome), já dá a cara da banda a tapa mostrando ao que vieram. Com letra direta, baixo bem marcado e uma mistura de timbres oitentistas psicodélicos, agradará a fãs de The Fall, Wire, Joy Division mas, também lembra algumas cadências do material inicial do Brian Jonestown Massacre e outras bandas do folk psicodélico. Caberia mencionar até os Titãs ( fase Cabeça Dinossauro). Já a segunda faixa ” Eu Atiro Sem Armas”, chega pra insistir mais nos temas sociais, e fazendo essa característica uma grande parte da proposta da banda. Eu diria que o objetivo é fazer um som energético, mas com instrumental dosadamente agressivo. Sopros, samplers e sintetizadores também podem ser bem notados nessa faixa, que inclui também, uma linha de baixo marcante com timbre grave, o que particularmente, me agradou muito pra esse caso.

Com certeza vale a pena conferir o single e repetí-lo várias vezes para melhor aproveitar suas nuances. Se trata de uma banda nova em seu primeiro trabalho e
chama atenção a criatividade ( até a infantilidade proposital da arte capa), como também a junção de elementos pra criação de um som novo, ainda que esteja em construção. A espontaneidade e a gravação “lo-fi” tem seus adeptos ( eu, incluso), mas ainda há alguns detalhes segundo a mixagem que certamente serão corrigidos num futuro trabalho da banda.
Corre lá, e dá o play 😉

DEIXE UMA RESPOSTA